sexta-feira, maio 06, 2005

Descargas 2

Existem novos desenvolvimentos no "Caso Rio Onda".
Para além das descargas de efluentes industriais reportadas no primeiro post surgem agora notícias de poluição orgânica ligada a descargas ilegais na Ribeira da Laje. Ontem visitei uma quinta em Modivas, por onde passa um canal vindo da Ribeirda Laje e deparei com um cenário degradante e mal-cheiroso:







Caminhando por entre as urtigas, descubro exutores como este que deitam águas residuais directamente para o canal da quinta mesmo junto à propriedade:



Outras ligações ilegais foram feitas directamente no exutor que vem da Lactogal, construído há pouco mais de um ano. Para quem diz que estas coisas só se faziam antigamente aqui está a prova que essa ideia é que é de antigamente:



Esta ligação é bem visível, situa-se na primeira rua a sul dos semáforos de Modivas. Basta parar o carro (ou a bicicleta) na esquina e ver o que se encontra do lado de lá do muro.
Já se contactou Lactogal, Câmara, Junta, CCDR-N, GNR de Vila do Conde e as respostas foram silenciosas ou evasivas. Ontem aconselhei a senhora da Quinta a ligar para a EPNA (Equipa de Protecção da Natureza) de Santo Tirso, que é a entidade a quem se deve fazer este tipo de queixas. O resultado foi um telefone desligado na cara da senhora.
É este o país que temos...
Será este o país que queremos?

3 espinhos:

Blogger eduardo disse...

Querer, querer, ninguém no seu perfeito juízo quer. Mas é o país que temos. E neste país, infelizmente, há muita gente sem juízo. Mas com outra coisa pior que aqui não digo mas que se adivinha.

11:40 da tarde  
Blogger André Ferreira disse...

Numa altura em que se fala tanto da falta de água, a pouca que há está quase toda poluida! Mas os poderes politicos continuam a não fazer nada contra isso: fica sempre melhor inaugurar uma estrada ou organizar uma feira do que fechar uma fábrica ou uma pecuária poluidora! Entretanto os eleitores vão-se desiludindo porque os responsáveis politicos deveriam preocupar-se com o bem comum e não com interesses privados.
A água é de todos: só que o que é de todos é a merda de alguns...

3:50 da tarde  
Blogger MT disse...

Este é apenas um caso. Tudo o que é ribeiro neste país está assim, onde está o saneamento prometido? O pior... São as próprias câmaras cúmplices das ligações ilegais.

11:37 da manhã  

Enviar um comentário

<< Atrás