segunda-feira, maio 09, 2005

Buraco Negro



Hoje, amanhã e quarta-feira vai estar em cena no Grande Auditório da FEUP a peça "Buraco Negro" de Gerardjan Rijnders com a encenação a cargo de António Júlio. Trata-se da mais recente produção do Engenharte - Grupo de Teatro da FEUP, ao qual pertenci até Setembro de 2004.
É a história de dois amantes. Um homem, uma mulher. Nada mais que isso. O lugar comum de se ter uma vida. O cliché de se viver um relacionamento; de se estar casado, ou viver com alguém, ou ter um amante, ou não ter ninguém; haverá hipótese original?
Segundo a actriz e Engenheira Química Ana Filipa Portugal, esta peça "tem um texto melhor do que a produção anterior [O Louco de Khalil Gibran] mas exige bastante mais dos actores, pois não têm qualquer elemento cénico que os ajude". Ontem o ensaio geral correu bem, o que "nem sempre será bom sinal, pois as pessoas podem perder a energia essencial ao bom desempenho", referiu-nos ainda a mesma fonte. Agora, só logo à noite saberemos se tudo lhes correu bem.

3 espinhos:

Blogger paperl life disse...

Depois conta, por favor. Ok?

:)

12:30 da tarde  
Blogger Malapata disse...

pode verde cima!

12:47 da tarde  
Blogger MT disse...

Hoje não vou :( tenho ensaio...

pés desclços: foste ver ao ccb a peça q te falei?

6:21 da tarde  

Enviar um comentário

<< Atrás