quarta-feira, janeiro 04, 2006

Cheiro

Clique para aceder ao ficheiro ZIP com a imagem numa resolução de 200 dpi (formato TIFF)

Hoje os elevadores da Biblioteca da FEUP estavam com um cheiro tremendo a sovaco. O que fazer numa situação destas quando se viaja várias vezes entre o primeiro e o último piso?
Bem, o pior não é respirar esse odor, claro que nunca me habituo, mas descer seis pisos com a respiração cortada é fácil e faz maravilhas. O pior mesmo é o que vem a seguir.
Tendo eu feito imensas viagens entre o primeiro e o último piso, ocorreram situações muito desagradáveis. Entrava sozinho no último piso e começava a descer, ao longo dos outros pisos iam entrando passageiros que olhavam para quem já lá estava de alto a baixo tendo a certeza que era dessa pessoa o cheiro. Ora, eu era aquele que já lá estava, e mesmo tendo tomado banho minutos antes e tendo um desodorizante poderoso, era impossível ultrapassar a névoa daquele cheiro hediondo que tinha o elevador.
Hoje muita gente pensou que eu não tomava banho há uns anos...

1 espinhos:

Anonymous Filipa disse...

Pois, pois...

Desculpas...

6:10 da tarde  

Enviar um comentário

<< Atrás