quarta-feira, maio 24, 2006

Euro 2006
















Eu tinha avisado. Aberturas e finais de Euros não são comigo. Ontem a França ganhou bem e quando voltarmos a encontrá-los na Final é provável que tudo se repita. Nélson é muito fraquinho, Hugo Almeida é um sobreiro e ontem percebi porque Agostinho Oliveira não pode ser seleccionador. A França deu uma lição de táctica e de pressão alta que até parecia um clube a jogar. O que vale é que se ganharmos à Sérvia e Montenegro temos 6 pontos.

8 espinhos:

Blogger Mafalda disse...

Temos que ganhar à Sérvia ou ao Montenegro? Como será que vão dividir a selecção? Metade para cada lado?

12:41 da tarde  
Blogger MT disse...

Não, é só um jogo mas contra 2 países. Daí que ganhamos 2x e tenhamos 6 pontos.

12:54 da tarde  
Blogger Mafalda disse...

A convivência com a Catarina está a começar a afectar-me... Não tinha atingido... =)

2:06 da tarde  
Blogger gabi disse...

Eu acho que a culpa foi do estádio... um estádio sem lugares atrás das balizas??? O Souto Moura droga-se?? e aquela inclinação? passei o jogo todo com vertigens... mais uma coisa: o vento?? ainda dizem do estadio do dragão.. passei o jogo todo a espirrar, que grizo! O que vale é que houve quem fosse comer gelados no intervalo....


Agora é esperar que Portugal ganhe aos 3 (ou 3) países que se seguem. Se o Quaresma recuperar é garantido, ele sozinho ganha a 2 países no mesmo jogo!

PS: Mafalda, a loirice pega-se?? é que se pega eu também estou em risco... ;)

3:58 da tarde  
Blogger Mafalda disse...

Pega, pega! Acredita que pega... Eu é que sei o que tenho passado! =)

4:02 da tarde  
Anonymous Cati disse...

O vosso sonho era que se pegasse...lamento mas não se pega...não é para todos!

4:13 da tarde  
Anonymous Mágico Braga disse...

akela inclinação??? querias que fosse tipo o do beleneses, em que s vê o futebol ao longe.. e vertigens?? axo que não tão mto habituados aos novos estadios.. e qt ao vento é normal q haja 1 bocado, mas nd s pod comparar ao dragão, onde o ar entra dum lado e parece q ganha intensidade lá dentro...

p.s: venham mais vezes a este estádio magnifico que ganha premios todos os anos e tem excursões d estudantes estrangeiros todos os dias

7:41 da tarde  
Blogger gabi disse...

Ver o futebol ao longe: a noção de longe tanto pode estar aplicada à distância na vertical como na horizontal. Neste caso parece-me excessiva a distância para quem, como eu, fica nos lugares de cima.

O vento: eu vou ao estádio do dragão de 15 em 15 dias sem falta, e posso dizer-te que nunca apanhei tanto vento lá como naquele dia em braga.

O estádio é arquitectónicamente falando bastante bonito, dá um efeito espetacular visto da entrada, concordo que é definitivamente o mais bonito de portigal.

Em termos funcionais acho mto fraco... subir aqueles degraus todos, ficar aquelas alturas e levar c aquela ventania... não gostei!

agora não queria ferir sentimentos bracarenses, peço desculpa se ofendi!

A única coisa que realemente lamento é que Portugal naquele dia não tenha ganho...

Sadaçõs tripeiras

***

12:36 da tarde  

Enviar um comentário

<< Atrás