quarta-feira, novembro 29, 2006

Nassica

Nesta notícia do Primeiro de Janeiro de Vila do Conde desta semana pode ler-se:

Mega Complexo Nassica só será construído após conclusão do EIA Factory comemora dois anos

Volvidos dois anos, um prémio e cerca de cinco milhões de visitantes, maioritariamente da zona Norte para o outlet em Mindelo, a Neinver aguarda a conclusão do Estudo de Impacto Ambiental para construir complexo Nassica. “As normas serão cumpridas”, prometem.

Liliana Leandro

O Factory Vila do Conde comemora, este mês, o seu segundo aniversário (...)
Coloca-se agora a questão da construção do já previsto no projecto da Neinver (empresa imobiliária multinacional proprietária do outlet Factory): o Mega Complexo Nassica que irá ser composto por cinco zonas distintas: o outlet Factory, o espaço Nassica (destinado a locais de restauração e lazer), um Retail Park (para venda de artigos a retalho), um stand alone (espaço caracterizado pela marca que lhe está associada) e parques de estacionamento. Segundo foi comunicado ao JANEIRO, está ainda a decorrer o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), e só depois de concluído poderá ser dado início à segunda fase do projecto Nassica. “Todas as normas e exigências para integração no projecto na região serão rigorosamente cumpridas como tem, aliás, sido sempre feito até agora”, refere o mesmo documento. Recorde-se que de uma leitura que o JANEIRO fez do resumo não técnico do EIA, são vários os benefícios que a construção deste empreendimento podem trazer à região como “imprimir factores dinamizadores, com diversidade de actividades, aumentando para cinco mil os postos de trabalho”.


Hoje às 9h:













































Eu sei que parece apenas mais um parque de estacionamento. Mas não me lembro de o ver na primeira fase.
A aguardar desenvolvimentos.

2 espinhos:

Blogger mfc disse...

Que bom que é vivermos por cá!

11:10 da tarde  
Blogger bravosdomindelo disse...

nao te lembras porque nao estava previsto no projecto que foi sujeito a estudo de impacte ambiental

8:34 da tarde  

Enviar um comentário

<< Atrás